Objetivo

Apoiar investimentos em infraestrutura logística e de transportes.

Quem pode solicitar

Sociedades com sede e administração no País e pessoas jurídicas de direito público.

O que pode ser financiado

  1. Implantação, expansão, modernização e recuperação da infraestrutura nos seguintes segmentos:
    1. portuário, terminais de transbordo e de movimentação de cargas, incluindo vias internas e de acesso;
    2. dutoviário;
    3. centros de distribuição, unidades rodoviárias de armazenagem e de movimentação de cargas de prestadores de serviços logísticos; e
       
  2. aquisição de equipamentos e sistemas operacionais de movimentação de carga e passageiros.

O BNDES pode apoiar o capital de giro associado a itens de projetos financiados nesta linha. Consulte as condições específicas para este apoio.

Atenção:
Somente será apoiado o investimento em equipamentos novos, produzidos no País e constantes do Credenciamento de Fabricantes Informatizado (CFI) do BNDES. Os bens devem ainda apresentar índice de nacionalização mínimo de 60%, calculado conforme instruções definidas pelo BNDES, ou cumprir o Processo Produtivo Básico (PPB).

Valor mínimo de financiamento

R$ 20 milhões. Para valores inferiores, consulte as linhas de financiamento do produto BNDES Automático.

Taxa de juros

Apoio direto
(operação feita diretamente com o BNDES)

Taxa de juros = Custo financeiro + Remuneração básica do BNDES + Taxa de risco de crédito (entenda as parcelas)

Composição da taxa de juros
Porte da empresa Micro, pequenas e médias empresas Média-grandes e grandes empresas
Custo financeiro  TJLP 

Máximo de 70% de TJLP + mínimo de 30% Cesta ou  IPCA ou TS ou TJ3 ou TJ6

Remuneração básica do BNDES A partir de 1,5% a.a.
Taxa de risco de crédito

1% a.a. para Estados, Distrito Federal e Municípios

ou

até 4,86% a.a., conforme o risco de crédito do cliente

Observação: o custo financeiro será Cesta nas operações com empresas sediadas no País, cujo controle seja exercido, direta ou indiretamente, por pessoa física ou jurídica domiciliada ou sediada no exterior, destinado a investimentos de qualquer natureza em atividade econômica não especificada no  Decreto nº 2.233/97Link para um novo site , de 23.05.1997.

Apoio indireto
(operação feita por meio de instituição financeira credenciada)

Taxa de juros = Custo financeiro + Remuneração básica do BNDES + Taxa de intermediação financeira + Remuneração da instituição financeira credenciada (entenda as parcelas)

 

Composição da taxa de juros
Porte da empresa Micro, pequenas e médias empresas Média-grandes e grandes empresas
Custo financeiro  TJLP 

Máximo de 70% de TJLP + mínimo de 30% Cesta ou  IPCA ou TS ou TJ3 ou TJ6

Remuneração
básica do BNDES
A partir de 1,5% a.a.
Taxa de intermediação financeira 0,1% a.a. 0,5% a.a.
Remuneração da instituição credenciada Negociada entre a instituição e o cliente

Veja a classificação de porte das empresas.

Observação:

O custo financeiro será Cesta nas operações com empresas sediadas no País, cujo controle seja exercido, direta ou indiretamente, por pessoa física ou jurídica domiciliada ou sediada no exterior, destinado a investimentos de qualquer natureza em atividade econômica não especificada no  Decreto nº 2.233/97Link para um novo site, de 23.05.1997.

Consulte também outras tarifas cobradas nos contratos de financiamento do BNDES.

Debêntures de infraestrutura

Em projetos de concessão de infraestrutura logística e de transporte, o valor financiado com custo em TJLP poderá ser ampliado se a empresa optar pela emissão de títulos de renda fixa (debêntures de infraestrutura). Neste caso, a parcela adicional do crédito em TJLP será financiada nas condições especiais do programa BNDES Pro-Logística. Veja as condições do programa.

Participação máxima do BNDES

O Banco financia até 80% do valor total dos itens financiáveis no apoio a MPMEs.

Para empresas de maior porte, a participação máxima do BNDES no investimento será de:

  • Modal Portuário: até 70%.
  • Demais investimentos: até 50%.

Observações:

  • Os clientes podem ter a participação do BNDES ampliada para até 80% do valor dos itens financiáveis. Mas, neste caso, a parcela do crédito referente ao aumento da participação terá custo equivalente a Cesta ou IPCA ou TS ou TJ3 ou TJ6 e a remuneração básica do BNDES será de, no mínimo, 1,5% a.a.
  • A participação do BNDES também pode ser ampliada, sem custo adicional, em até 20 pontos percentuais para municípios e setores contemplados pela Política de Dinamização Regional (PDR).

Prazo

O prazo total de financiamento será determinado em função da capacidade de pagamento do empreendimento, da empresa e do grupo econômico.

Garantias

  • Para apoio direto: definidas na análise da operação.
  • Para apoio indireto: negociadas entre a instituição financeira credenciada e o cliente.

Saiba mais sobre as garantias das operações com recursos do BNDES.

Como solicitar

As solicitações de apoio são encaminhadas ao BNDES pela empresa interessada ou por intermédio da instituição financeira credenciada, por meio de Consulta Prévia, preenchida segundo as orientações do roteiro de informações e enviada ao:

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES
Área de Planejamento - AP
Departamento de Prioridades - DEPRI
Av. República do Chile, 100 - Protocolo - Térreo
20031-917 - Rio de Janeiro - RJ

 

Salvar