Clientes

Pessoas físicas enquadradas como agricultores familiares no PRONAF.

Finalidade

Investimentos para promover o aumento da produção e da produtividade e a redução dos custos de produção, visando à elevação da renda da família produtora rural.

Os investimentos em transporte deverão estar relacionados à finalidade desta linha e observar o disposto no Manual de Crédito Rural (MCR) 3-3-6, 7 e 8 e no MCR 10-1-39.

No caso de aquisição, modernização, reforma, substituição e obras de construção das embarcações de pesca, o cliente deve apresentar a anuência emitida pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA)Link para um novo site.

Os créditos de investimento podem ser utilizados para aquisição isolada de matrizes, reprodutores e/ou animais de serviço, isoladamente, admitindo-se também, até o limite de 40% do valor do financiamento, a aquisição de animais para criação, recriação e engorda, desde que no projeto ou proposta fique comprovado que os demais fatores necessários ao bom desempenho da exploração, especialmente, alimentação, fornecimento de água, instalações, mão de obra e equipamentos, são suficientes.

Condições financeiras

Taxa de juros

  • 1% ao ano (a.a.) - para operações de até R$ 10 mil;
  • 2% a.a. - para uma ou mais operações com valor superior a R$ 10 mil.

Caso o cliente contrate nova operação no âmbito do Pronaf Mais Alimentos, que somada ao valor contratado no mesmo ano agrícola ultrapasse R$ 10 mil, o novo financiamento será contratado com a taxa de juros de 2% a.a..

Limite do financiamento

  • R$ 300 mil, para as atividades de suinocultura, avicultura e fruticultura;
  • R$ 150 mil, para as demais.

O limite será de R$ 750 mil exclusivamente para operações coletivas para o financiamento de construção, reforma ou ampliação de benfeitorias e instalações permanentes, máquinas, equipamentos, inclusive de irrigação, e implementos agropecuários e estruturas de armazenagem, de uso comum. Deve ser respeitado o limite individual (R$ 150 mil ou R$ 300 mil)  e que a soma dos valores das operações individuais e da participação do beneficiário na operação coletiva não ultrapasse o limite de até R$ 150 mil por beneficiário e por ano agrícola.

Prazo total

  • Até 15 anos, incluídos até 3 anos de carência, para financiamento de estruturas de armazenagem;
  • Até 10 anos, incluídos até 3 anos de carência, para demais casos.

Participação máxima do BNDES

Até 100%.

Veja também