11/01/2011

 Também estão contratados projetos de AM, CE e MT; RJ está aprovado, em vias de contratação, enquanto PE está em análise

O BNDES e o governo do Estado da Bahia assinaram contrato de financiamento no valor de R$ 323,6 milhões para construção da Arena Fonte Nova, que receberá jogos da Copa do Mundo de 2014.

Os recursos do BNDES, que correspondem a 46% do investimento total, serão utilizados na construção de um estádio com capacidade para 50.273 espectadores, o que o habilita a receber, de acordo com os normativos da FIFA, jogos de quartas-de-final.

Também foi contratado o financiamento de R$ 400 milhões para construção da Arena da Amazônia, em Manaus. O valor foi dividido em dois subcréditos: R$ 11,8 milhões para elaboração do projeto executivo da Arena e R$ 388,2 milhões para execução das obras. A liberação do segundo subcrédito acompanhará o andamento das obras.

Já haviam sido contratados no âmbito do programa BNDES ProCopa Arenas os projetos do Ceará (R$ 351,5 milhões para reforma do Castelão) e do Mato Grosso (R$ 393 milhões para construção da Arena Multiuso Pantanal). Os quatro projetos contratados até agora foram aprovados em setembro de 2010.

A contratação é a etapa final do trâmite de um projeto no BNDES. Quando o contrato é assinado é que tem início o cronograma de desembolsos. A liberação de recursos, como ocorre em todos os financiamentos do Banco, é gradual, concomitante ao andamento e à execução das obras.

Outro empreendimento que será financiado pelo BNDES é a reforma do Maracanã, cujo projeto foi aprovado em outubro último pela diretoria. Atualmente o financiamento está em vias de contratação, para que posteriormente tenha início o cronograma de desembolsos.

A Arena Pernambuco, última das seis arenas que solicitaram financiamento ao BNDES até o momento, está com o seu projeto em fase final de análise pela área técnica do Banco. Uma vez concluída essa etapa, o material será enviado para análise pela diretoria.