Restauração Ecológica

Corredor Ecológico Monte Pascoal - Pau Brasil (BA)

 

220 hectares de restauração


Nome
Corredor Ecológico Monte Pascoal-Pau Brasil: Mata Atlântica, Biodiversidade e Comunidade

Responsável
Natureza Bela

Abrangência Territorial
Município de Porto Seguro (BA)

Valor 
R$ 3.061.000,00

Objetivo
Restauração de 220 hectares de áreas da unidade de conservação Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal.

As áreas estão próximas de comunidades indígenas da etnia pataxó e apresentam diferentes estágios de degradação, causada por incêndios e outras ações antrópicas.

 

Principais ações


Forte envolvimento com a comunidade indígena da região, incluindo a formação da Cooplanjé, cooperativa dos pataxós criada no âmbito do projeto para realização das atividades de restauração. 

Capacitação e treinamento da comunidade para trabalhar nas atividades de plantio e do viveiro.


Revitalização do viveiro dos índios pataxós,  quadriplicando sua capacidade de produção para 120 mil mudas/ano.
 

Vídeo


 

Mapa


 

 

Fotos


  • A exploração da madeira nativa é uma das causas principais do desmatamento na região.
  • Áreas estão próximas de comunidades da etnia pataxó e apresentam diferentes estágios de degradação.
  • As técnicas de restauração seguem a metodologia do Laboratório Experimental da Universidade de São Paulo (Lerf/Esalq/USP).
  • Capacitação, treinamento e mobilização permitem à comunidade pataxó redescobrir a importância da floresta.
  • O forte envolvimento com a comunidade indígena é um dos diferenciais do projeto.
  • O Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal, marco do Descobrimento do Brasil, possui área total de 22.383 hectares.
  • O plantio de mudas nativas é realizado de forma associada ao fomento da regeneração natural.
  • Parque abriga amostra representativa de ecossistemas da Mata Atlântica de transição entre o litoral e a floresta pluvial.
 
Central de atendimento 0800 702 6337 - Ouvidoria 0800 702 6307